quarta-feira, 19 de junho de 2013

Uma crônica de minuto

Uma cama desarrumada
para uma noite mal dormida.
Um livro à meia-luz,
um alarme desligado
e uma ferida.

Um minuto para outro dia,
e uma saída.
Só uma.

Boa noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário